O Estado e as Religiões

Enquanto os socialistas vivem a criar lutas religiosas, nós seguimos um caminho diferente, em que se entrosam a lealdade e o respeito as crenças alheias, porque não somos clericais nem anticlericais; não somos budistas nem bramanistas: Somos acima de tudo filhos de Deus, que é a Perfeição e a esperança eterna da Humanidade.

 

A organização do Estado, o Governo, suas funções decorrentes, é tudo isso campo privativo do Integralismo, onde não interfere nenhuma outra força estranha . Por outro lado não se intervém no campo religioso, onde é soberana a Religião em tudo que lhe é peculiar, como a catequese, a educação dos seus fieis, o ritual, etc.

 

Seria muito interessante, que o Estado pretendesse legislar sobre matéria religiosa, nomeando padres para as paróquias, estabelecendo a forma do ritual e das orações.

 

Não menos interessante seria, também, que o Clero se reunisse para tratar de legislação sindical e controvérsias sobre a lei de aposentadoria etc. Não são campos opostos, mas paralelos, que caminham, para nós, em perfeita harmonia, já que não prescindimos da educação religiosa, que é o sustentáculo da moral e por conseguinte dos fins superiores do Integralismo. Só não compreendem isso certas pessoas que confundem a Religião com os maus atos deste ou daquele sacerdote, o que afeta ao homem e nunca à Doutrina da Igreja.

 

Uma pessoa de mediano bom senso sabe separar o joio do trigo e interpretar com Justiça todas essas questões. Diremos mais uma vez: “QUI AURES HABET AUDIET” (Quem tem ouvidos ouça)!

 

Há liberdade de culto religioso, mas já não há liberdade de propaganda materialista, porque o Estado Integral não é anfíbio; agnóstico e espiritualista a um tempo só: É espiritual em harmonia com todas as crenças de caráter monoteísta e nesse ponto é irredutível. Não força, não impõe a ninguém a maneira de crer em Deus, como também não pune a ninguém porque seja ateu. O que não admite, em hipótese nenhuma, é que o materialismo tenha cátedra para inocular o seu veneno no coração da mocidade.

 

Cabe à ciência o estudo positivo da matéria e suas leis cabem à Filosofia Espiritualista o estudo das causas primeiras e finais do Universo, da vida e do espírito.

 

O nosso Estado é, pois, um Estado de alma e de Ideal.

Enquanto o Comunismo se impõe uma espécie de sectarismo ateu, sem nenhuma liberdade, com sanções para os crentes em Deus, que mandam para os cárceres, para a morte, o nosso Estado moderníssimo afirma a sua espiritualidade com elevação e bom senso, permitindo ateísmo somente para uso interno e nunca para uso externo, como ficou esclarecido.

 

COPYRIGHT – DIREITOS AUTORAIS.

Copyright © construindohistoriahoje.blogspot.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Construindo História Hoje”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Construindo História Hoje tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para http:/www.construindohistoriahoje.blogspot.com.br. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Construindo História Hoje que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

 

Você quer saber mais?

 

FILHO, Ferdinando Martino. Pela Revolução Integralista, São Paulo: Editorial Paulista, 1935.

 

http://www.construindohistoriahoje.blogspot.com.br

http://www.construindo-pensamentos-hoje.blogspot.com.br

http://www.desconstruindo-o-comunismo.blogspot.com.br

http://www.desconstruindo-o-nazismo.blogspot.com.br

http://www.desconstruindo-o-capitalismo.blogspot.com.br

http://www.oconstrutordahistoria.wordpress.com

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s